No pain no gain

Mais um treino bem sucedido de Hiit, “High Intensity Interval Training”! Yay!

Este treino é composto por exercícios de alta intensidade com (muito) curto intervalo de tempo entre eles e muitas repetições. Isto supostamente acelera  o nosso metabolismo… Já ando nisto há mais de um mês, alternado com cycling e natação, vamos lá ver no que isso dá.

Uma coisa é certa, dói muito, mesmo muito…

A principal vantagem? Posso treinar em casa, sem qualquer equipamento, just me myself and I! Vou ao ginásio duas a três vezes por semana e as restantes treino em casa!

Partilho o treino intenso de hoje, cansa só de ver… Imaginem fazer!

 

*Miss Modas*

 

Anúncios

Get fit, stay fit

Já tínhamos postado acerca do nosso regresso ao Crossfit mas, infelizmente, acabamos por não conseguir comparecer aos treinos com a frequência semanal que gostaríamos e isso, juntamente com a frustração de não ver nenhuma evolução (logicamente não há evolução quando se treina uma ou duas vezes por semana), levou-nos a desistir da modalidade. Nunca conseguimos sair antes das 19h da empresa e no Inverno treinar tão tarde, é para esquecer.

Estivemos um par de meses completamente parados, constantemente a adiar o regresso à actividade física, fosse correr, ou frequentar um ginásio, ir nadar… pensamos em tudo, mas concretizar, nada. Tivemos semanas de trabalho muito intensas, depois o tempo não ajudava, depois era a preguiça, enfim chega a uma altura e tudo serve de desculpa para não mexer o esqueleto.

Acontece que o corpo começou a ressacar a falta de exercício físico, começaram as dores musculares a surgir, o stress do dia a dia a acumular, a flacidez a aumentar e foi aí que juntos tomamos a decisão de começar a correr antes de ir trabalhar. Sim, eu disse antes. Sim, significa acordar às 6h15 da manhã.

Sabem que mais? No pain, no gain.

Começamos a correr na segunda-feira, o primeiro treino foi cerca de 4km (achei que ia morrer)… E reparem que no verão do ano anterior corria 7km… rapidamente se perde a forma física… parem um mês e precisam de pelo menos outro mês para voltar à forma física que outrora tiveram.

Na terça-feira repetimos a dose, na quarta-feira descansamos e hoje, quinta-feira, voltamos a fazer o percurso, aumentando sempre mais uns metros em cada treino. Estou que nem posso. Dói-me tudo, parece que fui atropelada, várias vezes.

No entanto, sinto-me bem, orgulhosa, super motivada, porque além de saber que só me faz bem, sei que daqui para a frente só pode melhorar! A contribuir e muito para esta motivação toda é a vantagem de não precisar gastar um cêntimo para ficar em forma! 🙂

Mas a cereja no topo do bolo é que não há nada como contemplar este céu maravilhoso à beira-mar, logo pela manhãzinha, na companhia do meu amor Sir Modas:

Morning run

E vocês, estão à espera do quê? Experimentem modalidades diferentes, experimentem treinar de manhã, ou à hora de almoço, ou ao final do dia, conforme a vossa disponibilidade! Rapidamente vão encontrar aquela modalidade que vos dá energia, boa disposição e sobretudo, vos mantém motivadas(os) a voltar, treino após treino.

Nunca pensei, numa fase em que me sinto tão em baixo de forma, conseguir ter forças para sair da cama tão cedo e ainda por cima para me matar a correr. E no entanto, aqui vou eu no terceiro treino, toda dorida e mega motivada!

Vá lá, não sejam preguiçosas(os), deixem-se de desculpas, calcem os ténis e toca a mexer!

*Miss Modas*

Back to crossfit

Sim as dores em literalmente 90% do corpo testemunham-no. Voltamos ao crossfit, após 4 meses praticamente parados… Primeiro treino foi na terça e hoje o segundo… Superamos com distinção claro mas estamos em sofrimento, não há um músculo que não doa! Agora é continuar com vontade, aos poucos as dores vão diminuir, a força e a resistência vão voltar, de braço dado com o orgulho 🙂

E vocês andam a treinar ou são daquelas que deixam para as resoluções do ano novo? 🙂

*Miss Modas*

FIFA…

Apesar da prestação menos positiva da nossa Selecção Nacional, a qual nos podia ter envergonhado.
Apesar da Selecção Italiana ter tido uma presença tristonha, a qual podia ter envergonhado os italianos.
Apesar do eclipse da Selecção Inglesa nesta competição, o qual poderia ter envergonhado os ingleses.
Apesar da derrota Brasileira por 7-1 ás mãos da Selecção Alemã, o que efectivamente envergonhou os brasileiros.
Apesar de tanta vergonha sofrida, esta ficava sempre dentro cada um dos países em questão.
Agora, o Messi, eleito pela FIFA como o melhor jogador desta competição, essa sim, envergonha um planeta inteiro.
Sinceramente… FIFA GO HOME!

FIFA

Fifa

FIFA

 

*Sir Modas*

Germany wins

A Alemanha vence o Campeonato Mundial de Futebol no Brasil contra a Argentina por 1-0.

Eu tenho a teoria que isto só foi possível por causa da chanceler alemã… É que ela usou hoje novamente a mesma indumentária que havia vestido no jogo contra Portugal em que os germânicos nos deram um bailinho de futebol!

Blazer vermelho com camisola branca e calças brancas…

Será que ela também elegeu esta toilette para se reunir com o governo português?

Vale uma aposta? 🙂

Merkel

*Miss Modas*